INTERIOR GANHA DOMINGO SUA PRIMEIRA PRAIA BANDEIRA AZUL

MACAÉ VAI SEDIAR CONGRESSO ESTADUAL EMPRESARIAL DE TURISMO
19 de novembro de 2018
ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL: NOVAS TECNOLOGIAS E SEU IMPACTO E PERSPECTIVAS SOBRE O MERCADO DE EVENTOS
27 de novembro de 2018

Com sete quilômetros de extensão livres da poluição, a Praia do Peró, em Cabo Frio, ganha neste domingo o mais importante título mundial de qualidade de praias, a Bandeira Azul. O certificado internacional foi conquistado após dois anos de testes mensais que comprovaram as ótimas condições da água, além do cumprimento de um conjunto de exigências feitas pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE), com sede na Dinamarca, que concedeu a Bandeira Azul.

A partir de domingo, quando a Bandeira Azul será hasteada às 9h, o Peró passa a ser a primeira praia do interior fluminense a o selo, concedido até agora apenas para a Prainha, na zona oeste do Rio. Na cerimônia de hasteamento da Bandeira Azul, dois monomotores vão lançar pétalas de rosa na área urbana do bairro (onde fica o trecho certificado, de 505 metros). Surfistas, motociclistas, ciclistas e outros esportistas também vão participar da festa de hasteamento da bandeira.

— Para Cabo Frio, cidade que vive do turismo de praia e sol, a Bandeira Azul é o programa mais importante. Se você tem o selo internacional, tem uma praia de qualidade, não somente de água limpa, mas de areia limpa, de serviços e de acessibilidade – disse o coordenador de Meio Ambiente de Cabo Frio, biólogo Mário Flávio Moreira.

A chegada da Bandeira Azul é resultado da luta de moradores, veranistas e ambientalistas, do movimento Amigos do Peró, que procuraram o Instituto Ambientes em Rede (IAR), de Santa Catarina, que representa a FEE no Brasil. Eles contaram com o apoio de três governos municipais, ao longo de quatro anos, até que o júri internacional do programa aprovasse a concessão da Bandeira Azul.

— Este reconhecimento internacional deve ser valorizado pelo nosso governo e pelos brasileiros, que devem incentivar e fomentar ações e boas práticas de preservação. O programa Bandeira Azul é um sinalizador de ambientes marinhos de grande valor ambiental – afirmou a secretária-executiva do Consórcio Ambiental  Lagos-São João, Adriana Saad.

A chegada da Bandeira Azul também é comemorada pelo setor de turismo, pois o selo de qualidade atrai turistas estrangeiros em buscas de praias de águas limpas e serviços básicos, sobretudo em relação a acessibilidade. Por exigência do programa, foram construídas rampas de acesso à praia para deficientes físicos.

— A notícia é digna de festejos. Temos que celebrar esta conquista, que é fundamental para Cabo Frio e outras bandeiras virão aí pela frente. Temos que divulgar para tantos os cantos. É um dos locais mais bonitos do nosso estado e do Brasil – comemorou o futuro secretário estadual de Turismo, Otávio Leite.

Presidente da Federação dos Conventions Bureaux do Estado do Rio, Marco Navega disse que a conquista da Bandeira Azul pelo Peró será usada como modelo de sucesso de parceria público-privada no Congresso Estadual Empresarial de Turismo, que será realizado nos dias 29 e 30 de novembro no  Royal Macaé Palace Hotel:

— A Bandeira Azul no Peró é um marco para o turismo fluminense. Promove o turismo de qualidade no Brasil e no exterior. É bom para o Peró, para Cabo Frio e para o Estado do Rio. Outras cidades já estão seguindo mesmo caminho.

Os comentários estão encerrados.