JOVENS FAZEM OPERAÇÃO LIMPEZA NA PRAIA DO PERÓ

SAQUAREMA CVB INICIA PARCERIA PARA REALIZAÇÃO DO MUNDIAL DE SURF 2018
22 de janeiro de 2018
PRAIA DO PERÓ TERÁ NOVA ORLA NO PRÓXIMO VERÃO
26 de janeiro de 2018

O micro lixo é o maior inimigo dos animais marinhos. Nesta quinta-feira, 175 jovens do Projeto Defensinha, da Defesa Civil, vão participar, a partir das 9 horas, de um mutirão de limpeza da Praia do Peró, que é candidata à Bandeira Azul (BA), título internacional de qualidade. A ação faz parte das atividades de educação ambiental, segurança e saúde previstas na fase piloto do projeto BA. A ação terá a colaboração da ONG Americana 4 OCEAN.

O trabalho dos jovens busca conscientizar os banhistas a não deixarem lixo na praia, especialmente canudos, bitucas de cigarro, tampinhas de garrafas Pet, copos e plástico de uma maneira geral. Há pouco tempo, o biólogo Vinícius Padula descobriu na Praia das Conchas espécies marinhas desconhecidas da ciência. O trabalho dos jovens vai começar em frente à torre dos salva-vidas.  Eles vão usar sacolas recicláveis para recolher o micro lixo.

— A participação dos jovens é fundamental na educação ambiental. O cronograma do BA está sendo cumprido para que possamos hastear a bandeira no próximo verão – previu o coordenador de Meio Ambiente de Cabo Frio.

O programa BA prevê ações voltadas para a diminuição de resíduos sólidos nas praias, coleta seletiva de lixo, acessibilidade, segurança no mar e ordenamento do trânsito nas vias de acesso. O requisito fundamental é a qualidade da água. A Cabana do Pescador, entre Peró e Conchas, está distribuindo saquinhos de lixo para seus clientes:

— Durante muitos anos monitoramos a água do Peró através do laboratório da antiga Companhia Álcalis. Nunca foi registrado resquício de poluição, pois todos os resíduos de esgotos e de águas pluviais do Peró drenam para a bacia do Canal Itajuru. A qualidade da água do Peró é incomparável – disse o analista ambiental Mário Flávio Moreira, ex secretário-executivo do Consórcio Ambiental Lagos-São João.

SANEAMENTO

Depois do Carnaval, as ações do movimento ambiental do Peró serão voltadas para a Concessionária Prolagos, que até hoje não anunciou nenhum projeto de captação dos esgotos do balneário, que está prestes a ganhar um hotel de luxo na orla da praia. Os hotéis e pousadas estão lançando seus resíduos na rede de água pluvial, que estão saturadas.

Parte do esgoto vai para uma elevatória que bombeia os detritos para a Estação de Tratamento do Jardim Esperança. O restante, principalmente os esgotos da Ogiva, vai para o Canal Itajuru. A Prolagos não respondeu a pergunta sobre projetos para o Peró.

— Os esgotos dos hotéis e quiosques estão sobrecarregando as redes de águas pluviais, que não foram preparadas para isso. Na Rua dos Badejos, os esgotos estão aflorando nos bueiros por falta de escoamento adequado. A Prolagos está deixando muito a desejar no Peró. Preciso com urgente fazer a rede coletora de esgotos. Queremos saber onde o novo hotel, de grande porte, vai lançar seus resíduos – perguntou a moradora Alzira Freitas, que mora na Rua dos Badejos.

O quiosque Cabana do Pescador está distribuindo saquinhos de lixo para os clientes

O projeto Bandeira Azul montou uma tenda para as ações ambientais na Praia do Peró

Os comentários estão encerrados.