PERÓ COMEMORA AVANÇOS COM A CHEGADA DA BANDEIRA AZUL

FEDERAÇÃO COMEMORA RESULTADOS DA PRIMEIRA METADE DO SESC VERÃO EM RIO DAS OSTRAS
4 de fevereiro de 2019
FESTIVAL DE VERÃO NO PERÓ ATÉ O CARNAVAL
8 de fevereiro de 2019

Três meses depois de hastear a Bandeira Azul, a Praia do Peró, em Cabo Frio comemora os avanços que conquistou com a certificação internacional de qualidade. A orla foi repaginada e os hotéis festejam taxas de ocupação jamais registradas na Praia do Peró, que tem 7,2 Kms de extensão, com águas cristalinas e livres da poluição, dos quais 500 metros da área urbana com o selo de qualidade. A Bandeira Azul foi hasteada no dia 25 de novembro após o término da fase piloto, uma das rígidas etapas que levam à certificação.

— A formidável conquista da Bandeira Azul para a Praia do Peró  precisa ser considerada  por todos que atuam seja na esfera pública como privada como um permanente mantra em prol da sustentabilidade no turismo.  Exemplo que Cabo Frio pode oferecer para todo o Estado do Rio e para o Brasil – disse o secretário estadual de Turismo, Otávio Leite, na visita ao Peró, distrito de Cabo Frio.

Para hastear a Bandeira Azul, a prefeitura de Cabo Frio, através da Coordenadoria de Meio Ambiente, teve que cumprir 34 exigências da coordenação nacional do projeto. A orla do Peró passou pela primeira etapa de revitalização (entre o Hotel Âncora e a torre dos salva-vidas) e foi fechada para o tráfego de veículos, uma antiga reivindicação dos visitantes e moradores. A segunda etapa, que inclui a construção de novos quiosques, começa após o carnaval juntamente com o projeto de arborização. A praia também ganhou ordenamento e uma rampa para acesso de deficientes físicos.

— Sentimos uma mudança de comportamento dos turistas após a Bandeira Azul. Ainda há lixo plástico ao final do dia na área de areia da praia, mas num volume bem inferior ao registrado no ano passado. A prefeitura faz a limpeza, mas o que precisamos mesmo é que as pessoas se conscientizem e recolham seu próprio lixo – defendeu o gerente do Hotel Paradiso Peró, Márcio Nascimento.

Proprietário do Hotel La Plage, Carlos Cunha lembrou que a ocupação hoteleira aumentou em relação ao ano passado em 5% (o que para alta temporada é muito):

— Além disso, a divulgação que o Peró ganhou por conta da Bandeira Azul é imensurável. As melhorias feitas na orla (troca de parte das lâmpadas, fechamento para carros e fiscalização mais presente da postura e guarda) tornaram o destino mais organizado e atrativo. Claro que ainda estamos longe do ideal, mas os reflexos já são extremamente positivos – comemorou.

Para a presidente da Associação da Costa do Peró, Corine Muller, a Bandeira Azul é um benefício não somente para a Costa do Pero, mas também Cabo Frio, pois atrai turismo de qualidade e um novo olhar para a região:

— De fato melhorou significativamente o movimento e a qualidade dos frequentadores das praias da Costa do Peró. Claro que temos muito a evoluir. Precisamos estimular a todo tempo, com muito trabalho de conscientização, as boas práticas ambientais – disse Corine Muller.

Integrante do movimento Amigos do Peró, que buscou a Bandeira Azul, com apoio da prefeitura, Roberto Saci, um dos hoteleiros mais antigos do local, festeja os avanços e cobra mais investimentos do poder público no Peró, principalmente na mobilidade urbana e no saneamento básico:

— O bairro como um todo precisa de um plano de mobilidade e de um bom projeto de capacidade de carga para evitar o caos no réveillon, no carnaval e nos feriados prolongados. E o prefeito precisa com urgência usar os recursos estaduais destinados a Cabo Frio para construir a rede separadora de esgotos do Peró através da concessionária Prolagos – apelou Saci.

Proprietário da Pousada Sun Victory, que inovou oferecendo bicicletas para os hóspedes, Luís Carlos Silva disse que já comprou um lote ao lado para ampliar seu negócio. Depois da Bandeira Azul, a pousada passou a receber hóspedes de vários estados brasileiros, principalmente de São Paulo, argentinos e americanos que buscam praias com a Bandeira Azul.

— A nossa praia é incomparável, paradisíaca, livre de qualquer resquício de poluição e sem riscos de acidentes que comprometam a qualidade da água. A Bandeira Azul é um sucesso – afirmou Luís Carlos, conhecido como Luizinho.

Secretário de Estado de Turismo Otavio Leite

Os comentários estão encerrados.