PRAIA DO PERÓ FICARÁ SETE MESES SEM A BANDEIRA AZUL

LEI ESTADUAL ESTIMULA CAPTAÇÃO DE EVENTOS
22 de março de 2019
NA 5° EDIÇÃO DO ART & BIER TERÁ O LANÇAMENTO DO FRI JAZZ E BLUES 2019
27 de março de 2019

Certificado internacional de qualidade, a Bandeira Azul da Praia do Peró, em Cabo Frio, deixará de ser hasteada no dia 24 de abril, após a Semana Santa, e só voltará a tremular no mesmo local no dia 15 de novembro. Para isso, contudo, o prefeito da cidade, Adriano Moreno, terá que cumprir a promessa de executar a segunda etapa da revitalização da orla do Peró, com obras de urbanismo, arborização, acessibilidade e novos quiosques dentro dos padrões de segurança e de higiene. O período sem a bandeira já estava prevista no cronograma.

Numa reunião com o procurador da República Leandro Mitidieri, o secretário de Desenvolvimento de Cabo Frio, Felipe Araújo, garantiu que o prefeito Adriano Moreno já deu o sinal verde para a continuidade das obras logo após a Semana Santa. Acrescentou que o projeto urbanístico está sendo refeito pela equipe da arquiteta Anne Apicelo, que trabalhou no projeto de revitalização da orla de Costa Azul, em Rio das Ostras, apontados como um dos melhores do litoral brasileiro.

A notícia do arriamento da bandeira em abril assustou o secretário estadual de Turismo, Otávio Leite, que pediu informações sobre o processo. Assim como Leite, o presidente da TurisRio, Thomaz Weber, também esteve no Peró para ver o projeto de perto. Ambos querem levar a Bandeira Azul para outras praias do estado. Segundo a coordenação do projeto no Peró, todos os avanços de ordenamento da praia serão mantidos no período que a bandeira deixará de ser hasteada.

— É o marco zero no Peró. A orla será repaginada para atender os critérios da Bandeira Azul. Vamos mexer nos quiosques, que são bens públicos e não podem continuar infringindo as regras. O prefeito já autorizou a segunda etapa das obras. Vamos trabalhar no Peró com seriedade e de forma ostensiva. Será um exemplo para toda a cidade – assegurou Felipe Araújo.

Presente ao encontro, o secretário da Ordem Pública, coronel Fábio Carvalho, disse que a área turística do Peró já ganhou uma inspetoria da Guarda Municipal, além de equipe completa da Guarda Marítima e da Fiscalização de Posturas. Ele disse que não serão toleradas infrações, como a de um bugre amarelo que invadiu a área de pedestres:

— Não tem volta. Temos orgulho de hastear a Bandeira Vermelha e garantir a segurança no Peró – garantiu o secretário.

As ações da comunidade, dos ambientalistas e das autoridades para conquistar e manter a Bandeira Azul foram elogiadas pelo presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega:

— Todos nós temos que ficar em alerta para que os critérios sejam cumpridos e a Bandeira Azul volte a tremular o mais breve possível. Este selo é importante para o turismo não somente de Cabo Frio, mas para o Estado do Rio e para o Brasil, que acaba de criar facilidades para atrair o turismo internacional, que valoriza muito a Bandeira Azul.

Presidente da Associação da Costa do Peró, Corine Muller disse que a entidade e o movimento Amigos do Peró vão pedir uma reunião com o prefeito Adriano Moreno para ouvir dele, pessoalmente, o compromisso de dar continuidade às obras. Em visita ao bairro na campanha eleitoral, Moreno assinou a Carta do Peró e prometeu transforma o balneário no “bairro modelo de Cabo Frio”.

— Os avanços com a chegada da Bandeira Azul são incontestáveis não somente para o Peró como também para Cabo Frio. Outros locais tentaram e não conseguiram o certificado porque as exigências, com destaque para a qualidade da água, são amplas e rígidas. Não podemos correr o menor risco de perder o selo internacional – comentou Corine Muller.

Presidente do Cabo Frio Convention Bureau, Maria Inês Oliveiros confirmou o sucesso da Bandeira Azul ao falar para mais de cem pessoas no evento MPF Praia Limpa, que o procurador Mitidieri levou para o Peró:

— Estamos voltando de eventos do trade turístico no Rio, São Paulo e Belo Horizonte. Impressionou-nos a fama positiva da Bandeira Azul no Peró entre os operadores de turismo. Isso é muito bom, mas precisamos preparar o Peró para receber os novos turistas, com bons acessos, sinalização e segurança – apelou.

Felipe Araújo informou que o Peró terá um novo acesso pela Estrada do Nelore, que liga a RJ-102 (Estrada do Guriri) à Avenida Wilson Mendes (próximo à sede da InterTv, afiliada da TV Globo). A obra será feita através de compensação ambiental com o projeto Marinas Cabo Frio. A obra vai atender a principal reivindicação do Peró/Ogiva e até do trade de Búzios: os turistas deixarão de passar pelas ruas estreitas e perigosas do Jacaré e da Gamboa.  A nova sinalização será feita com uma verba de R$ 250 mil de uma emenda parlamentar. O coronel Carvalho prometeu pedir à Polícia Militar que inicie o prometido patrulhamento da orla e zona turística, principalmente à noite.

Foto de Leonardo Monteiro

Secretário de Estado de Turismo – Otávio Leite

Presidente da TurisRio – Thomas Weber

 

 

O novo acesso ao Peró, pela Estrada do Nelore.

 

Os comentários estão encerrados.